30.9.16





Quanto mais a vida avança, 
Mais eu fico a compreender, 
Que a saudade é uma lembrança, 
Que se esquece de morrer! 

Nenhum comentário: